Jesus é o Senhor

“e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai.”
Filipenses 2.11 (NVI)

A palavra “senhor” tem vários significados e definições. No entanto, como cristãos, confessamos que Jesus Cristo é o Senhor, porque devemos toda a nossa lealdade, serviço de amor e obediência fiel por quem Ele é e o que Ele tem feito.

Todo grupo cristão afirma a verdade de que Jesus é Senhor, mas batistas colocam uma ênfase especial a esta verdade. Batistas creem que Jesus é o único Senhor da vida. Ele não aceitam nenhuma pessoa ou instituição como senhor individual dos cristãos ou da igreja. Por causa dessa crença, batistas, como os primeiros cristãos, sofreram perseguição tanto de governos quanto de autoridades religiosas.

A importância do compromisso batista ao senhorio de Cristo
Por que os batistas se apegaram tanto ao senhorio exclusivo de Cristo? Temos nos posicionado baseados em uma série de convicções básicas, incluindo o seguinte:

  1. A Bíblia ensina o senhorio de Cristo, e batistas têm a bíblia como a única autoridade escrita de fé e prática.
  2. Ensino bíblico sobre a competência da alma requer que cada indivíduo cristão não se curve a nenhuma outra autoridade que não seja Deus: Pai, Filho e Espírito Santo.
  3. A ênfase bíblica sobre a competência da alma decorre do senhorio de Cristo.
  4. Modelo do Novo Testamento para a igreja se baseia no senhorio de Cristo; Ele é o único cabeça da igreja.

A Bíblia ensina o senhorio de Cristo
A Bíblia dá várias razões por que Jesus é o Senhor de todos. Ele é divino, uma das três pessoas da Trindade. Jesus declarou: “Eu e o Pai somos um” (João 10:30). A respeito de Jesus, a Bíblia diz que nele “habita corporalmente toda a plenitude da divindade” (Colossenses 2: 9).

Jesus morreu na cruz pelos pecados do mundo e, portanto, é digno de todo louvor e honra como Senhor: “O Cordeiro que foi morto é digno de receber o poder, riqueza, sabedoria, força, honra, a glória e louvor” (Apocalipse 5:12).

Jesus ressuscitou dos mortos, provando seu poder sobre a própria morte. Quando encontramos o Cristo ressurreto, exclamamos como Tomé: ‘Senhor meu e Deus meu!” (João 20.28).

Jesus subiu aos céus, está sentado à direita do Pai intercedendo por nós e voltará para estabelecer um novo céu e uma nova terra. Diante dele declaramos em louvor: “Amém. Vem, Senhor Jesus!” (Apocalipse 22.20)

No que consiste o senhorio de Cristo
A Bíblia descreve de várias formas no que consiste o senhorio de Cristo. A Bíblia declara que Jesus é o Senhor de toda a criação: “Para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, nos céus, na terra e debaixo da terra, e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Snehor, para a glória de Deus Pai” (Filipenses 2.10-11).

A Bíblia ensina que Jesus é Senhor de todos. Muitos negam ou falham em reconhecer esse senhorio, mas para os cristãos o senhorio de Cristo é fundamental. Na verdade, a vida cristã começa com o reconhecimento de que Jesus é Senhor: “Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus ressuscitou dentre os mortos, será salvo.” (Romanos 10.9)

A Bíblia enfatiza que Jesus é o Senhor das igrejas. Jesus disse: “… edificarei a minha igreja; e as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mateus 16:18). E Paulo escreveu sobre Jesus: “E Deus colocou todas as coisas debaixo de seus pés, e deu-lhe cabeça sobre todas as coisas para a igreja, que é o Seu corpo, a plenitude d’Aquele que preenche tudo em todos” (Ef 1: 22-23).

O senhorio de Cristo e a competência da alma.
A Bíblia ensina que o senhorio de Cristo é pessoal, direto. Nenhuma pessoa ou instituição deve tentar usurpar a autoridade de Jesus sobre um cristão. Claro que pessoas podem receber discernimento e sabedoria de outros, mas só Jeus tem a autoridade final sobre um cristão.

O chamado para ser discípulo de Jesus significa a capacidade de reconhecer e seguir a vontade de Jesus Cristo como Senhor. O ensino bíblico sobre competência da alma indica que as pessoas são dotadas por Deus com a capacidade de conhecer e fazer Sua vontade. As pessoas não são fantoches. Seu criador lhes deu liberdade e responsabilidade de escolha.

Batistas têm resistido aos esforços de indivíduos, funcionários governamentais e organizações religiosas a ditar o que é a vontade de Jesus a seus seguidores. Batistas insistem que cada pessoa tem a capacidade eca responsabilidade de buscar e seguir a vontade de Jesus como Senhor. Como os primeiros apóstolos declarou: “É preciso obedecer antes a Deus do que aos homens!” (Atos 5:29).

“Cristo é o único rei e legislador da igreja e da consciência.”
John Smyth (b 1570 -.? D 1612.)
Foi um inglês, pastor fundador da Primeira Igreja Batista em Amsterdam em 1609. A citação acima é de uma declaração confessional na qual ele teve papel importante no esboço.

O senhorio de Cristo exige liberdade religiosa.
O senhorio de Cristo significa que pessoas e igrejas devem estar livres de coerção do governo ou organizações religiosas em questões espirituais e religiosas. Batistas sempre denunciaram tais esforços de coerção, declarando Jesus é Senhor. Batistas pagaram um alto preço por tal resistência.

Por exemplo, no início do século XVII, o Rei James I da Inglaterra reivindicou ser o cabeça da Igreja da Inglaterra assim como do governo. Ele exigiu que todas as igrejas se conformassem com sua vontade. Thomas Helwys, um pastor batista, escreveu um livro entitulado “Uma breve declaração do mistério da iniquidade” no qual ele insistiu que o rei não tinha o direito de determinar as crenças dos indivíduos e das igrejas.

Helwys enviou uma cópia do livro ao rei James I com uma dedicatória na qual ele declarou: “O rei é um mortal, e não Deus, homem, e, portanto, não tem poder sobre as almas imortais dos seus súditos, para fazer leis e ordenanças para eles e colocar senhores espirituais sobre eles”. Por esta declaração da verdade da Bíblia, o rei prendeu o pastor, que morreu na prisão porque ele se recusou a reconhecer ninguém como o Senhor das igrejas que não fosse Jesus.

O senhorio de Cristo e a Igreja do Novo Testamento são inseparáveis
O que significa para cristãos e suas igrejas estar sob o senhorio de Cristo? Em primeiro lugar, devem reconhecer Jesus como Senhor. A igreja pertence ao Senhor e não a eles. Ele é o cabeça da igreja e não eles. Eles não devem governar a igreja, Cristo é quem deve.

Além disso, cada membro da igreja deve reconhecer que ele ou ela tem a oportunidade e responsabilidade de tomar decisões que concernem a igreja debaixo do senhorio de Cristo. Esse é o modelo neo testamentário de uma igreja. Pessoas tomam decisões relacionadas a igreja a qual pertencem, como quem serão os diáconos e o pastor, como os dízimos e ofertas serão gastos e que tipo de edifício irão ocupar. Cada uma dessas decisões deve ser tomada à luz do fato de Jesus ser o Senhor da igreja.

Ainda, todos os membros do corpo de Cristo são responsáveis pelas decisões da igreja. Não há hierarquia na igreja do Novo Testamento. Nenhum pastor, corpo diaconal ou qualquer indivíduo ou grupo é Senhor da igreja (I Pedro 5.3). Só Jesus é Senhor, de cada pessoa e da igreja. Através da oração e diálogo respeitoso, como parte de uma comunhão de amor, ou membros da igreja devem buscar ter a mente de Cristo.

Em resumo
O Senhorio de Cristo é uma doutrina cristã básica. Para os batistas, tem um significado especial e está relacionado com outras crenças-chave dos batistas, tais como: a autoridade da Bíblia, a liberdade de consciência, a liberdade religiosa e como deve ser uma igreja moldada pelo padrão do Novo Testamento.


Home Widget 1

This is your first home widget box. To edit please go to Appearance > Widgets and choose 6th widget from the top in area 6 called Home Widget 1. Title is also manageable from widgets as well.

Home Widget 2

This is your second home widget box. To edit please go to Appearance > Widgets and choose 7th widget from the top in area 7 called Home Widget 2. Title is also manageable from widgets as well.

Home Widget 3

This is your third home widget box. To edit please go to Appearance > Widgets and choose 8th widget from the top in area 8 called Home Widget 3. Title is also manageable from widgets as well.
Top